sábado, 7 de setembro de 2013

LIÇÃO 10: A ALEGRIA DO SALVO EM CRISTO (Auxílio - Jovens e Adultos, 3º Trimestre de 2013/CPAD - por Fernando José).



Por Fernando José.

Chegamos à LIÇÃO 10: A ALEGRIA DO SALVO EM CRISTO.  Situamos-nos no Capítulo 4, Versículos 1-7.

“... meus amados e mui queridos irmãos..." Filipenses 4:1. A relação do Apóstolo com os Filipenses era de afeto, havia amizade e amor ente eles. Nessa relação ambos os lados eram desejados e almejados, havia um anseio de estarem juntos! Paulo fazia votos de saúde e felicidade aos destinatários...

"... minha alegria e coroa..." Filipenses 4:1. Concernente à ALEGRIA é como se Paulo dissesse: “- Vocês são o meu deleite!”, “-Vocês são meu agrado, minha admiração!”, “-Há deslumbre e prazer em nossa amizade!”. Quanto à COROA, antes da amizade ser estabelecida houve uma competição logo nos primeiros contatos: "E a multidão se levantou unida contra eles, e os magistrados, rasgando-lhes as vestes, mandaram açoitá-los com varas. E, havendo-lhes dado muitos açoites, os lançaram na prisão, mandando ao carcereiro que os guardasse com segurança. O qual, tendo recebido tal ordem, os lançou no cárcere interior, e lhes segurou os pés no tronco." Atos 16:22-24, nessa competição o milagre da parte de Deus acontece, Deus dá livramento, a Palavra permanece, gerando assim triunfo e recompensa: os santos em Cristo Jesus, que estavam em Filipos (Filipenses 1:1).

"... estai assim firmes no Senhor, amados." Filipenses 4:1. A recomendação de Paulo aos destinatários é que estejam firmes. Estar firme é manter a “sujeição voluntária à vontade do Senhor” (VINE). Deus é o Pai, e que "... seja feita a Tua vontade, assim na terra como no céu;" Mateus 6:10.

"Rogo a Evódia, e rogo a Síntique, que sintam o mesmo no Senhor." Filipenses 4:2. "... ajudes essas mulheres que trabalharam comigo no evangelho" Filipenses 4:3. Em meio a essa história de confraternização e amizade são destacadas duas personagens: EVÓDIA E SÍNTIQUE. Vejamos o que o Hernandes Dias Lopes tem a dizer sobre isso: “... a desarmonia entre dois membros da igreja não era um problema de pequena monta para o apóstolo. Evódia e Síntique eram duas irmãs que ocupavam posição de liderança na igreja, que haviam se esforçado com Paulo no evangelho e cujos nomes estavam escritos no livro da vida, mas, agora, estavam em desacordo na igreja. Elas tinham nomes bonitos (Evódia significa “doce fragrância”, e Síntique, “boa sorte”), mas estavam vivendo de maneira repreensível.”.

"Regozijai-vos sempre no Senhor; outra vez digo, regozijai-vos." Filipenses 4:4. É uma ordem do apóstolo: “Se alegrem, estejam satisfeitos”, “Passem bem!”, “Deleitem-se!”. Paulo convida os destinatários a estarem contentes. Anuncia que eles deveriam estar em gozo...

"Seja a vossa equidade notória a todos os homens." Filipenses 4:5. Equidade. Nos dicionários da Língua Portuguesa equidade é "... uso da imparcialidade para reconhecer o direito de cada um...". Aqui em Filipenses vai além desse conceito: é ter mansidão, ter gentileza, agir com generosidade, ter moderação, ser razoável... (gr. epieikes). É ter uma “doce racionalidade” (VINE).

"... Perto está o Senhor." Filipenses 4:5. “Está perto” segundo o VINE dá ideia de lugar e tempo. Provavelmente a expressão refere-se à segunda opção (tempo), i.e, à Volta do Senhor, já que o contexto anterior assim deixa expresso: "Mas a nossa cidade está nos céus, de onde também esperamos o Salvador, o Senhor Jesus Cristo, Que transformará o nosso corpo abatido, para ser conforme o seu corpo glorioso, segundo o seu eficaz poder de sujeitar também a si todas as coisas." Filipenses 3:20-21.

"Não estejais inquietos por coisa alguma..." Filipenses 4:6. Deixar de se importar com “qualquer coisa”! Esse é o segredo. Deixar as ‘picuinhas’ pra lá! Não ter cuidado distraído, ou seja, prestar atenção em coisas tidas como primordiais, mas que na realidade tira o foco do principal. Se preocupar à toa? Por que e pra quê?

"... antes as vossas petições sejam em tudo conhecidas diante de Deus pela oração e súplica, com ação de graças." Filipenses 4:6. Supliquem, intercedam e durante esse processo apresentem seus desejos, necessidades, suas solicitações. Vejamos algo mais sobre o assunto:

“Lidamos com a ansiedade não com livros de ajuda, mas com a ajuda do alto. Triunfamos sobre ela não batendo no peito em uma arrogância ufanista, mas caindo de joelhos e lançando sobre Cristo a nossa ansiedade. Onde a oração prevalece, a ansiedade desaparece.” (Hernandes Dias Lopes).

Façam seus requerimentos e acima de tudo: Adorem, Agradeçam...!

"E a paz de Deus, que excede todo o entendimento, guardará os vossos corações e os vossos pensamentos em Cristo Jesus." Filipenses 4:7. Essa paz é o contraste da dissensão! Eirene que corresponde à Shalom (no Antigo Testamento) é sinal de inteireza, pacificidade, relação harmoniosa, segurança e isenção de incômodo... Essa paz vem de Deus, vem do "... Pai das luzes, em quem não há mudança nem sombra de variação." Tiago 1:17. E esse mesmo Deus é o que nos guarda:

phroureõ (φρουρέω), termo militar, “manter guardado, manter sob guarda”, como com uma guarnição (...) é usado acerca (...) do senso de segurança que lhe pertence quando ele põe todos os assuntos nas mãos de Deus (Fp 4.7)...” (VINE).

Por Fernando José.

Referências:
Dicionário VINE – W. E. Vine, Merril F. Unger, William White Jr. (CPAD, 2006).
Novo Testamento Interlinear - GREGO-PORTUGUÊS (SBB - Sociedade Bíblica do Brasil, 2004).
Filipenses: a alegria triunfante no meio das provas - Hernandes Dias Lopes (Hagnos, 2007).
Dicionário Mini Aurélio Século XXI – Aurélio Buarque de Holanda Ferreira (Editora Nova Fronteira, 2001).

Você está autorizado e incentivado a reproduzir e distribuir este material, desde que informe o autor. Não altere o conteúdo original e não o utilize para fins comerciais







Postar um comentário