sexta-feira, 30 de agosto de 2013

Lição 9 - CONFRONTANDO OS INIMIGOS DA CRUZ DE CRISTO (Auxílio - Jovens e Adultos, 3º Trimestre de 2013/CPAD - por Fernando José).


Por Fernando José.

Nossa localização no momento: Filipenses 3.17-21.
"Sede também meus imitadores, irmãos,..." Filipenses 3:17. Aqui, o Apóstolo não pede aos destinatários que deixem de olhar para o ALVO MAIOR, que é Cristo! Ele faz um convite para que possa ser coimitadores, deveriam estar junto com ele. “Sejam meus companheiros, imitando a Cristo!”. É uma convocação para seguirem juntos no mesmo caminho... Prosseguir para o alvo, buscar o alvo (Hebreus 12.2).

Paulo também chora, lamenta com uma expressão de pesar porque em Filipos “nem tudo são flores”, há adversidades também, há, naquele lugar, também, os que "... são inimigos da cruz de Cristo" Filipenses 3:18. Isto é, homens que são contra Cristo, indivíduos hostis, odiosos, verdadeiros adversários que estavam voltados para os irmãos que Paulo tanto amava! Aqueles homens negavam, entre outras coisas, o sofrimento de Cristo, Seu trabalho, a participação dos crentes com O próprio... Negavam o Seu Nome e a identificação espiritual existente entre os salvos!

O apóstolo tem uma previsão (mais que certa) acerca os citados:

"Cujo fim é a perdição;..." Filipenses 3:19. Quando chegarem ao término do trabalho, atingindo o máximo de suas “realizações”, então virá a destruição, a perda, o perecimento, enfim a morte, que para eles é sinal de ruína!

"... cujo Deus é o ventre,..." Filipenses 3:19. Esses homens divinizam o seu eu. Em particular, sua vida é sua deidade, seus sentimentos é o seu céu, o poder está em sua razão, “sua moral” é imutável, suas imaginações, intenções e propósitos são “eternos”, endeusam seus apetites e vontades, vivem em torno de personalidades...! E por falar em viver “em torno de personalidades”, não temos vivido assim ultimamente, agindo em torno de famosos, “homens e mulheres de Deus”? Esquecemos a EB, o ensino eclesiástico e coisas que nos edificam de forma espiritual, psicológica e etc. e vamos após ‘ventos de doutrinas’. Como vão os nossos Cultos Doutrinários, como vai a nossa EB? Quem é o nosso Deus ou, quem são os nossos deuses? Não sou eu o meu próprio ‘deus’? Se não, porque não vivemos e demonstramos a realidade das coisas?

"... e cuja glória é para confusão deles, que só pensam nas coisas terrenas." Filipenses 3:19. Vivendo de forma desregrada, a seu bel-prazer, a glória que se obtém, a avaliação feita e a honra/reputação surge da culpa. Bela recompensa...! Só pensar nas coisas terrena, ser um crente materialista, viver a ‘prosperidade’ (ou melhor, pseudo-prosperidade), só nos rebaixa, nos deixa em fraqueza, nossa consistência fica como se fosse ‘de baixo’.  Veja: "Pensai nas coisas que são de cima, e não nas que são da terra;" (Colossenses 3:2). Não é para parar de estudar, planejar, trabalhar, ganhar, faturar... É para parar de exagerar, parar de ’prosperar’ a qualquer custo, colocando dízimos e ofertas (ou o ‘meu tudo’) como reféns...!

"Mas a nossa cidade está nos céus, de onde também esperamos o Salvador, o Senhor Jesus Cristo,"Filipenses 3:20. Os Filipenses tinham tudo para ‘se orgulhar’ do lugar em que residiam:

*Porta de entrada da Europa em relação aos visitantes provenientes da Ásia, *Caráter latino, *No topo de uma colina, *Proximidade com rio (Gangites), *Proximidade com estrada militar (Ignatia), *Nome em homenagem ao seu conquistador (rei Filipe da Macedônia), *Palco de batalhas, *Status de colônia romana, *Considerada como uma réplica menor de Roma.

Na realidade, a cidade deles ainda não era aquela. Paulo usou o plural, algo conjunto: ‘a nossa cidade está nos céus’, e, ‘também esperamos’! O apóstolo cria no Arrebatamento Final, na Ressurreição assegurada e na Convivência ‘para sempre com o Senhor’! Ele queria ver essa esperança na vida dos Filipenses... Ele sabia que havia uma Promessa e que haveria a Concretização.

"Que transformará o nosso corpo abatido, para ser conforme o seu corpo glorioso, segundo o seu eficaz poder de sujeitar também a si todas as coisas." Colossenses 3:21. Quando se concretizar a Promessa, aquilo que é abatido, humilhado, para baixo ou degradado mudará de forma, de aparência. Será moldado em Glória!

Por Fernando José.

Referências:
Dicionário VINE – W. E. Vine, Merril F. Unger, William White Jr. (CPAD, 2006).
Novo Testamento Interlinear - GREGO-PORTUGUÊS (Sociedade Bíblica do Brasil, 2004).
Filipenses: a alegria triunfante no meio das provas - Hernandes Dias Lopes (Hagnos, 2007).

Você está autorizado e incentivado a reproduzir e distribuir este material, desde que informe o autor. Não altere o conteúdo original e não o utilize para fins comerciais



Postar um comentário