quinta-feira, 4 de maio de 2017

A liderança do copeiro do rei





Como tudo começou!

Para entendermos a crise em Jerusalém é necessário fazermos uma retrospectiva sobre o reinado em Israel, começando da MONARQUIA DIVIDIDA (Leia Livro de Reis: I Reis 12 até II Reis 17). O reino, antes unido (Saul, Davi e Salomão), divide-se, devido a uma simples decisão que deveria ser tomada, porém foi repensada e mal formulada: I Reis 12. 3-15.



Reino do Norte

Lembramos aqui que, o Reino do Norte, devido às suas ações, caiu nas mãos da “Bota Que Massacra” (Assíria: Isaías 9. 4). Em primeira mão, a Assíria vem e traz incômodo, leva duas tribos e meia (além-Jordão) e impõe tributos para o resto do país (2 Reis 15. 29).
 Dez anos depois dá início à segunda parte do cativeiro, pois, Oséias apela para que fosse lançada fora a carga do tributo e não somente isso, propõe uma revolta; a partir daí, o Reino do Norte é anexado a Assíria, a terra é despovoada, passando a sua povoação para outros povos (2 Reis 17). Voltaram para terra natal em épocas diferentes.



Reino do Sul

Seu cativeiro também foi dividido em duas partes:
Primeira, há sítio/castigo em Jerusalém; saqueiam o templo e o palácio real, deportam uma parte do povo, sobrando assim alguns na terra.
Segunda, Nabucodonosor cerca Jerusalém mais uma vez, pois, Zedequias firma aliança com o Egito. Há invasão, destruição e o restante do povo da terra são levados - inclusive Jeremias. Lá, em Babilônia, passaram a viver em colônias, voltando para terra natal 70 anos depois (Conferir 2 Reis 17). Nabucodonosor é considerado, na Bíblia, como “instrumento de destruição” da parte de Deus (Jeremias 27. 5,6). Já Ciro, é o “messias de Deus”, pois: 2 Crônicas 36. 22-23. Agora, leiamos o Livro de Esdras: reveja o convite de Ciro (cap. 1), a lista dos que voltaram do cativeiro (cap. 2), daí em diante vemos o altar levantado (cap. 3), alicerces do Templo, construção e consagração do mesmo, etc. Porém, passados os anos vemos uma crise e, dessa crise, aparece Neemias.

Neemias

Quem? Heb. Nehemya, Nehemyãh. “A quem o Senhor conforta” “Conforto de Deus” “Confortado por Deus” “Deus consola”.
Filho de quem? Hacalias. ver Neemias 1. 1; 10. 1.
Irmão de quem? Hanani (Javé é clemente). ver 1.2; 7.2.
Profissão? Copeiro (Ou, eunuco?) da coorte Persa (Rei Artaxerxes).

O líder

Neemias traz em si elementos fundamentais para exercer a sua chamada, dada por Deus:
1. Preocupação com a terra natal (1. 3,4; 2. 3,5). Neemias seguia à risca Salmos 137. 5,6.
2. No momento difícil em que tomou conhecimento dos sintomas que grassava seu povo, vestiu-se da armadura (jejum e oração) para a guerra.
3. Usou recursos disponíveis (acesso ao rei) para elaborar o escape.
4. Tinha força/vigor para encarar as obras desafiadoras.

Liderança

LIDERANÇA é sinônimo de direção, transformação, motivação, influência, objetividade, liberdade, determinação, consulta, participação, decisão (em grupo), estimulação, assistência, crítica (de fatos), visão, conselho, relação (harmonia), pressão (quando necessário, se houver execução de tarefa malfeita), instrução, flexibilidade, etc. Existe um contraste entre liderança com autoridade e liderança autoritária. A primeira referência diz respeito aos sinônimos supracitados, já na segunda há, em vez de situação opinativa, deliberação, i.e., as decisões já vêm prontas, enlatadas, mecanizadas, há individualismo - “o líder por si só basta” é a regra maior; aqui, as opiniões dos liderados não têm muita importância (são aceitas com desdém), há confronto de opiniões/decisões; nas situações mais graves, o líder quer ser biscoito “cream cracker” 3 em 1: manda fazer, dá ordens de como fazer (a seu bel-prazer), quer ditar seus próprios procedimentos... Faltam estratégias - para esse tipo de liderança, o importante é concluir a tarefa, dar o trabalho por concluído, não levando em conta que a casa começa do alicerce, não do telhado.

A Liderança de Neemias

Nos dois primeiros capítulos do livro de Neemias podemos constatar qualidades que ratificam aspectos da liderança do mesmo:

1. O líder deve está bem informado, atualizado.
"e perguntei-lhes". Neemias 1:2

2. Preocupa-se com a sua terra.
"e acerca de Jerusalém". Neemias 1:2

3. Preocupa-se com o próximo (não somente com a própria família).
"e perguntei-lhes pelos judeus que escaparam, e que restaram do cativeiro, e acerca de Jerusalém". Neemias 1:2
"Como não estaria triste o meu rosto, estando a cidade, o lugar dos sepulcros de meus pais, assolada, e tendo sido consumidas as suas portas a fogo?" Neemias 2:3

4. Sensibiliza-se ao ver dados da situação, que eram esses:
"Os restantes, que ficaram do cativeiro, lá na província estão em grande miséria e desprezo; e o muro de Jerusalém fendido e as suas portas queimadas a fogo". Neemias 1:3

5. Preocupa-se a tal ponto de:
"assentei-me e chorei, e lamentei por alguns dias; e estive jejuando e orando perante o Deus dos céus." Neemias 1:4

6. Ora antes de tomar decisões em certas situações.
"e orando perante o Deus dos céus. Neemias 1:4 Então orei ao Deus dos céus," Neemias 2:4

7. Não somente cria, também reconstrói.
"peço-te que me envies a Judá, à cidade dos sepulcros de meus pais, para que eu a reedifique." Neemias 2:5

8. Determinação/Planejamento.
Disse mais ao rei: Se ao rei parece bem, deem-se-me cartas para os governadores dalém do rio, para que me permitam passar até que chegue a Judá. Como também uma carta para Asafe, guarda da floresta do rei, para que me dê madeira para cobrir as portas do paço da casa, para o muro da cidade e para a casa em que eu houver de entrar. E o rei mas deu, segundo a boa mão de Deus sobre mim. Então fui aos governadores dalém do rio, e dei-lhes as cartas do rei; Neemias 2:7-9

9. Incentivo.
"Então lhes declarei como a mão do meu Deus me fora favorável, como também as palavras do rei, que ele me tinha dito; então disseram: Levantemo-nos, e edifiquemos." Neemias 2:18

10. Preparação/Manuseio.
"E se encorajaram para esse bom projeto." Neemias 2:18

11. Convicção.
"Eu lhes respondi: O Deus dos céus fará que sejamos bem sucedidos. Nós, os seus servos, começaremos a reconstrução," Neemias 2:20

As características do líder Neemias

1. HUMILDADE (Latim: húmus – filho da terra). Humildade nos traz a idéia de virtude, sensibilidade, modéstia, submissão, cordialidade, simplicidade, honestidade, respeito.

2. CORAGEM (Latim: coraticum). Quem tem coragem enfrenta a fogueira, não se deixa negociar, tem habilidade para confrontar com ou sem medo, sobrepõe barreiras com confiança, age com força no combate.

3. PRUDÊNCIA (Latim: prudentia) Sendo prudente: · Prevemos · Somos sábios · Conhecemos · Julgamos entre uma mão e outra · Distinguimos · Agimos conforme a regra e sob medida.

4. SABIA LIDAR COM A OPOSIÇÃO


Aspectos da liderança de Neemias

1. MOTIVAÇÃO (Latim: moveres)
O LÍDER ENTENDE QUE O QUE LEVA O SEU GRUPO A AGIR/FAZER É O IMPULSO QUE SURGE DO INTERIOR DOS LIDERADOS, POR ISSO AUXILIA-OS EM SEUS ANSEIOS, VONTADES, ESPERANÇAS...

2. ORGANIZAÇÃO
OBTEMOS ORGANIZAÇÃO ATRAVÉS DO PLANEJAMENTO. PLANEJANDO OBTEREMOS RECURSOS (DIVERSOS) PARA ATINGIRMOS OBJETIVOS EM EQUIPE.


O que aprendemos com Neemias?

SACRIFÍCIO
Quando há renúncia, de forma voluntária, de possuir ou usar algo em favor de outrem. É privar-se, aprendendo a dizer “NÃO QUERO”.

DISCERNIMENTO
Quem tem discernimento:
# Conhece de forma que não se confunde;
# Tem percepção.
# Sabe diferenciar.
# Aprecia considera.
# Analisa cada parte para obter conhecimento.
# Examina com atenção.
# Observa minúcias nas considerações expostas.
# Faz juízo segundo a equidade e a boa consciência.

PERSEVERANÇA
Quem persevera:
* Está resguardado de dano/decadência. Não se deixa deteriorar.
* Está firme.
* Tem solidez, segurança.
* Não se desloca. Não cessa.
* Continua. Permanece, não deixando lugar para dúvidas.

O pedido de Neemias

“... Agora, ó Deus, aumenta as minhas forças.” (Ne 6.9)

Para enfrentar a conspiração Neemias, pede a Deus que o torne mais forte, mais robusto, que o encha de provisões de forma que esteja preparado para a defesa, encorajamento diante do medo. Precisamos fazer o mesmo: pedir a DEUS o aumento, amadurecimento e crescimento espiritual, tornando-nos maior do que éramos. Pediremos a Deus energia, para sermos parte essencial, agindo com legitimidade no seu Reino…


Por Fernando José



 Bibliografia:

RENOVATO, Elinaldo. Neemias — Integridade e coragem em tempos de crise. Lições Bíblicas CPAD. Rio de Janeiro: 2011.
VINE, W.E., Merril F. Unger e William White Jr. Dicionário Vine, tradução Luís Aron de Macedo, Rio de Janeiro: CPAD, 2002.




Você está autorizado e incentivado a reproduzir e distribuir este material, desde que informe o autor. Não altere o conteúdo original e não o utilize para fins comerciais.



Postar um comentário