segunda-feira, 25 de novembro de 2013

ESTAMOS VERDADEIRAMENTE PREGANDO O EVANGELHO? (N° 27)



ESTAMOS VERDADEIRAMENTE PREGANDO O EVANGELHO?
Convidamos as multidões para salvação, enquanto não temos certeza da própria. Convidamos para cura, enquanto recorremos para os nossos próprios esforços, deixando de investir no sobrenatural e, duvidamos quando ela acontece. Conclamamos para a libertação, quando carecemos da mesma. Falamos da nova dimensão, quando vivemos naquela velha desunião. Não é necessária a propaganda sutil por parte das igrejas, a fim de disputar com outras denominações, para todos presenciarem, quem tem o melhor pregador, o (a) melhor cantor (a), quem tem melhor nome, quem está crescendo mais, quem tem e pode ganhar mais dinheiro (por falar em “Money”, as denominações estão mais preocupadas com a conversão do bolso do que com a da alma, que é mais preciosa pra Deus). A concorrência da Igreja, segundo a Bíblia, não é contra si mesma e sim contra as astutas ciladas do diabo! (Efésios 6.10-11) Pregar o Evangelho significa pronunciar sermões acerca da Doutrina de Cristo, preconizar a Norma que é tida como verdadeira. Isso quer dizer que, a regra que a Igreja proclama não deve ser utopia, fantasia ou estória...
Por Fernando José.

Postar um comentário