terça-feira, 4 de fevereiro de 2014

VIVEMOS, VIVEREMOS... (N° 63)



Vivemos, viveremos...

Viver sem mancha, sem culpa, sem defeito. Se olharmos para o que passou, e vivêssemos de agora em diante com base no que fizemos, com certeza iríamos desistir: culpas, defeitos em excesso, manchas incontáveis... Resta-nos vivermos, agora, de forma simples, sem mistura (nem conhecida, nem estranha). Que venhamos aderir à nova criação, educados por Deus, crianças, filhos de Deus...! Passemos pelo nascimento espiritual, confirmados pela Trindade.

Por Fernando José.

Postar um comentário