segunda-feira, 7 de novembro de 2016

#VC10 - O SOCIAL





VISÃO CRISTOCÊNTRICA (10): O SOCIAL



Repartir é distribuir, reservar uma porção de um todo para uma pessoa ou mais pessoas. É fazer com que os que não têm e participar com os que têm... 


O Social 

Quando o social está presente na comunidade cristã, de forma viva, firme e operante, há desenvolvimento/crescimento; pessoas serão geradas, haverá aumento, progressão. 
Quando aplicamos esforços para entender e viver o “lado social” da Igreja, estamos preparados para vivermos em unanimidade: corremos para uma só direção, juntos, em união. E, nessa corrida, é preciso que cada um dos atletas esteja em perfeição (física e psicológica). Todos vão precisar se alimentar corretamente, vestir a roupa adequada, calçar o apropriado... Alguns vão está em último lugar (bem lá atrás), mas, sempre terão um lugar (aqui na frente) com o grupo, pois, não haverá disputas, daremos as mãos:


“Entre eles, considero a enorme realidade.
O presente é tão grande, não nos afastemos.
Não nos afastemos muito, vamos de mãos dadas.” 

(Carlos Drummond de Andrade)


Prestaremos a atenção não somente naquilo que está no centro, que é popular ou chamariz; colocaremos nossa visão no que está à nossa volta, afastado, periférico, à margem. 

Discriminação x Resolução 

Atos 2. 42-47 é um exemplo de grande estima entre os cristãos, mas, não devemos esquecer que existe outro trecho, no mesmo livro, que merece nossa atenção (6.1). A diferença, o desprezo e a discriminação começaram a surgir. Fim da comunidade? Não! Instituíram pessoas responsáveis para este setor (vv. 2-5). Resultado (mais uma vez): v.7! 
Cristãos hodiernos: estaremos em multiplicação em nossas igrejas, mas, problemas surgirão (principalmente o da obra social); nesses momentos, onde estarão os líderes espirituais? Onde estarão os solucionadores de problemas? Quem irá definir os papéis? Quem estabelecerá procedimentos? Quem irá fazer escolhas? Quais serão escolhidos? 
Às vezes estudamos os primeiros capítulos do Livro de Atos, como se eles retratassem uma igreja que está perdida-como se a unidade, o amor e a experiência da presença de Jesus fossem coisas que na verdade não pudessem ser nossas hoje. Não vamos cometer esse erro. O Espírito de Deus ainda é uma realidade presente. Homothumadon (Gr. correr juntos, em união - unânime) ainda é possível no mundo fragmentado e impessoal de hoje. Se procurarmos uma razão para o vazio em nossa própria experiência, devemos olhar primeiramente para nossa hesitação em compartilhar com nossos irmãos e irmãs ou olhar para nosso fracasso em permitir que outros ajudem a levar os fardos de nossa vida, e apresentá-los a Deus em confiante oração. 

"A igreja, a nova comunidade de Cristo está entre nós hoje. Nós somos a igreja. E Deus, o Espírito, é capaz de tomar nossos 11, e nossos 120, e nossos 3.000, e, quando enfocamos alegremente nossa vida compartilhada em Jesus, Ele mesmo orquestrará nossa vida de acordo com sua maravilhosa ‘unidade’." (The Teacher’s Comentary, p. 769).


Por Fernando José 


BIBLIOGRAFIA:
VINE, W.E., Merril F. Unger e William White Jr. Dicionário Vine: o significado exegético e expositivo das palavras do Antigo e do Novo Testamento. (CPAD, 2006).



Você está autorizado e incentivado a reproduzir e distribuir este material, desde que informe o autor. Não altere o conteúdo original e não o utilize para fins comerciais.


Postar um comentário