domingo, 13 de junho de 2010

PREGAR O EVANGELHO versus FAZER MARKETING

 
 
 
                                

 Por Fernando José, em Fevereiro/2002.

Durante o século XIX, quando a Europa passava por transformações, surgiu o Socialismo. Existiam duas correntes principais dentro do Socialismo:

Socialismo Utópico – A maior parte de suas ideias, irrealizáveis. Os principais líderes: Saint Simon, Charles Fourrier  e Robert Owe. Destes, só Charles Fourrier aplicou suas ideias na fábrica na Escócia: reduziu a jornada de trabalho para 10 horas, construiu casas e deu ensino gratuito para os trabalhadores e seus filhos, além de criar um armazém com produtos à preço de custo para os trabalhadores.

Socialismo Científico - Fizeram estudos profundos da história da humanidade e da transformação dos meios de produção. Apregoavam que os operários eram a única classe capaz de fazer transformações verdadeiras, Seus principais líderes: Karl Marx e Friedrich Engels.

Falando da nossa missão

Fizemos uma breve exposição da História Geral, agora, falaremos um pouco da nossa Missão atualmente.

Convidamos as multidões para:

Salvação, enquanto não temos certeza da própria.

Cura, enquanto recorremos para os nossos próprios esforços, deixando de investir no sobrenatural e, duvidamos quando ela acontece.

Libertação, quando carecemos da mesma.

Nova dimensão, quando vivemos naquela velha desunião.

Não é necessário a propaganda sutil por parte das igrejas, a fim de disputar com outras denominações, para todos presenciarem, quem tem o melhor pregador, o(a) melhor cantor(a), quem tem melhor nome, quem está crescendo mais, quem tem e pode ganhar mais dinheiro (por falar em “Money”, as denominações estão mais preocupadas com a conversão do bolso do que com a da alma, que é mais preciosa pra Deus).A concorrência da Igreja, segundo a Bíblia, não é contra si mesma e sim contra as astutas ciladas do diabo (Efésios 6.10-11), e as estratégias do diabo que tem “predominado” no vasto campo da Igreja de Cristo são: ARROGÂNCIA – AVAREZA – BAJULAÇÃO – DESUNIÃO- FORMALISMO – NEGLIGÊNCIA – FRIEZA

No que diz respeito ao último item (A FRIEZA), Christmas  Evans, o pregador caolho(1766-1838) se expressou:”...admiro-me de que o gênio mau, chamado o anjo da ordem, queira experimentar tornar tudo, na adoração de Deus, em coisas tão seca como o monte Gilboa. Esses homens da ordem desejam que o orvalho caia e o sol brilhe sobre todas as suas  flores, em todos os lugares, menos nos cultos a Deus Todo-poderoso. Nos teatros, nos bares e nas reuniões políticas, os homens comovem-se, entusiasmam-se e são tocados de fogo... Mas, segundo eles desejam, não deve haver coisa alguma que dê vida e entusiasmo à religião! Tendes razão ou estais errados?”

Pregar o Evangelho significa pronunciar sermões acerca da Doutrina de Cristo, preconizar a Norma que é tida como verdadeira. Isso quer dizer que, a regra que a Igreja proclama não deve ser utopia, fantasia ou estória, como acontecia com o Socialismo Utópico (com algumas exceções).

 

Paz pra todos vocês...!

 
Postar um comentário