domingo, 20 de janeiro de 2013

E a família, como vai? (Parte 2/2)






“A gente sabe que o inimigo investe nas famílias...!”



Foi mais ou menos isso que ouvi, numa esquina qualquer, num domingo qualquer, logo após sair da EBD.


Vamos por parte:


COMISSÃO CULTURAL: NO ATO DA CRIAÇÃO, DEUS DÁ AO HOMEM UM “TRABALHO”, OU, UMA MISSÃO: DOMINAÇÃO, FRUTIFICAÇÃO, DOMINAÇÃO E ENCHIMENTO DA TERRA. LANÇOU PALAVRAS DE ORDEM, TIPO: “REINE”, “GOVERNE”, “REJA”, “DOMINE”, “SEJA MORDOMO DAS COISAS QUE CRIEI”. E, SEGUNDO PODEMOS CONSTATAR, ISSO ABRANGE TODOS OS ASPECTOS." 



“Todos os aspectos”. Isso inclui, em primeira mão, lógico, GOVERNAR/REGER a Família. E a família tem suas necessidades (físicas, emocionais, etc.) Cabe ao regente/governador da Família promover reconciliação, harmonia, condições de igualdade, equilíbrio...
Seria vergonhoso para o homem negar o seu chamado quanto à família. É preciso pedir Ajuda Divina para não falharmos na nossa missão concernente ao ambiente familiar.

Ah, quanto às “investidas do inimigo”: o papel do diabo (inimigo) é: Roubar, Matar, Destruir! Essa é a tarefa dele. Ele não está para tomar conta das famílias. O que acontece é que somos péssimos mordomos, aí, o diabo “investe”, “trabalha”, “se levanta”, “fica em fúria”, “odeia”, “não gosta” e outros besteiróis mais...!

Em resumo, CADA UM NA SUA! Ele, o diabo,  tenta, mente, engana e etc. e tal. E os homens que cuidem dos seus! A propósito: E a família, como vai? Sendo regida e governada pelas “investidas do diabo” ou, pelo homem com a Direção Divina? E a família, como vai? Seguindo seu texto (script) ou se deixando levar pelo submundo espiritual?                           
                                                                                                       
Por Fernando José.




Você está autorizado e incentivado a reproduzir e distribuir este material, desde que informe o autor. Não altere o conteúdo original e não o utilize para fins comerciais.


Postar um comentário